Dívida de água devida à Câmara de Lagoa ascende a 74 mil euros

Cristina Calisto Decq Mota Presidente Câmara Lagoa Açores Jornal Diario da Lagoa assembleia municipal fev16

São mais de 74 mil euros que são devidos à Câmara Municipal de Lagoa somente de dívidas de água. A este valor soma-se mais de 30 mil em rendas de habitação social.

Os números estão declarados ao abrigo da Lei dos Compromissos e dos Pagamentos em Atraso e foram apresentados na última reunião ordinária da Assembleia Municipal de Lagoa.

Tratam-se de valores de dívidas acumuladas de oito anos. Segundo explicou ao Jornal Diário da lagoa a presidente da autarquia lagoense, “algumas destas dívidas, que tem de estar contabilizadas, referem-se a empresas que nos últimos anos abriram insolvência e neste momento não existe nenhum mecanismo para que a autarquia possa ser ressarcida do valor”.

Cristina Calisto Decq Mota adiantou que “gostaria de ser capaz de receber todo o valor que está em dívida, mas atendendo a que algum do valor está relacionado com insolvências, receio que algum dia seremos justamente ressarcidos do valor”.

Existem alguns casos em que o abastecimento já foi cortado, outros restabelecidos, após acordos de pagamento que tem sido realizados.

Por outro lado, em relação às dívidas das rendas de habitação social, esta é uma situação real, “existem alguns casos em que já houve ações de despejo decretada por tribunal”, recordou a autarca.

Contudo na grande maioria existem inquilinos que tem acordos de regularização da dívida com a autarquia.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*