Eleição da nova direção do Conselho de Ilha de São Miguel adiada

Conselho de ilha São Miguel reunião Lagoa - jornal Diario Lagoa-

A reunião do Conselho de ilha de São Miguel, que decorreu esta quinta-feira, dia 25 de fevereiro, teve um desfecho de todo imprevisível.

Na ordem de trabalhos estava a eleição e instalação da nova Mesa do Conselho de Ilha, o que acabou por não acontecer.

Noé Rodrigues, atual presidente da mesa, referiu que não pretendia continuar a exercer o cargo, dai não apresentar a sua recandidatura.

Durante a reunião, Ricardo Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo apresentou a sua candidatura que, segundo referiu, serviria apenas para substituir Noé Rodrigues, mantendo a restante mesa, situação que não foi aceite pelo vice-presidente da mesa Jorge Rita que, mais tarde, apresentou também a sua candidatura à presidência da mesa.

Depois de algum debate e de uma primeira votação, de braço no ar, Ricardo Rodrigues pediu à mesa o adiamento da eleição, de forma a encontrar uma lista consensual.

Uma situação que gerou ainda mais confusão e discussão, tendo levado mesmo Jorge Rita a retirar a sua candidatura, por considerar que houve uma tentativa, por parte do PS, de partidarizar a eleição, abandonado a reunião.

Jorge Rita defendeu que a votação não foi secreta por forma a “coagir os conselheiros”, afirmando que a sua lista era apoiada pelos elementos que representam as forças sociais da sociedade, não sendo gerada por nenhum partido.

O Conselho de Ilha de São Miguel acabou por aprovar um adiamento dos trabalhos por forma a alcançar uma lista consensual.

De referir, que o Conselho de Ilha de São Miguel, um órgão consultivo inativo há mais de dez anos, foi reativado em 2014, pretendendo ser uma voz de unidade na defesa dos interesses da maior ilha dos Açores.

O Conselho é atualmente presidido por Noé Rodrigues. Integram também este órgão os presidentes das câmaras e assembleias municipais dos seis municípios de São Miguel e representantes da Associação Agrícola, da Câmara do Comércio e de sindicatos, entre outros. Os deputados no parlamento dos Açores eleitos por São Miguel têm também assento no Conselho de Ilha.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*