Uniformização informática das unidades de saúde trará benefícios aos utentes, afirma Luís Cabral

(c) Gacs

(c) Gacs

O Secretário Regional da Saúde anunciou a implementação de um sistema informático que permitirá “a uniformização de procedimentos” nos hospitais e nas unidades de saúde dos Açores, permitindo alargar os benefícios já evidenciados no Hospital de Ponta Delgada.

Luís Cabral falava em Ponta Delgada, na sessão de abertura da Conferência WordConnex 2014, um encontro destinada à apresentação de novas aplicações informáticas desenvolvidas pela empresa GlobeStar Systems já em  funcionamento em empresas e hospitais de várias partes do mundo.

Nos Açores existem aplicações informáticas desenvolvidas pela GlobeStar Systems no Hospital de Santo Espírito, em Ponta Delgada, que, segundo Luís Cabral, se revelaram “extremamente úteis” no processo de acreditação e constituem hoje importantes ferramentas na gestão de várias áreas do hospital.

As primeiras aplicações destinaram-se à monotorização das instalações e equipamentos, designadamente bombas de água, pressão dos gases medicinais ou corte de fornecimento de eletricidade.

Nas fases seguintes foram implementadas aplicações informáticas dedicadas ao sistema de gestão de visitas, à gestão dos transportes internos e à confirmação automática de consultas, o que possibilita a utilização, por outras pessoas, de tempos não confirmados, permitindo que os tempos de consultas sejam todos utilizados.

Luís Cabral frisou, por isso, que resultaram destas aplicações “inúmeras vantagens para o funcionamento do hospital, com benefícios na segurança dos utentes e colaboradores e na qualidade da prestação de cuidados de saúde”.

O Secretário Regional da Saúde pretende que estas aplicações, com resultados já confirmados, sejam alargadas aos hospitais da Terceira e da Horta e às Unidades de Saúde dos Açores, considerando que, deste modo, se podem “melhorar os tempos de espera e o atendimento dos utentes”.

Segundo Luís Cabral, poderão também ser uniformizadas aplicações informáticas em áreas como “aquisições centralizadas ou na própria normalização dos atos clínicos”.

DL/GaCS

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*