Autarquia de Lagoa encerra ano sem dívidas a fornecedores

Cristina calisto Decq Mota Camara Lagoa Açores rpesidente jornal Diario vereadores Fernando Jorge Elisabete Tavares

O município da Lagoa encerrou o seu ano económico sem qualquer dívida a fornecedores.

Pelo segundo ano consecutivo, a autarquia atinge este resultado, essencialmente, na sequência de um controlo rigoroso e planeado quer ao nível da gestão da despesa quer ao nível da gestão de tesouraria.

Numa nota enviada à nossa redação, a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa mostra-se bastante satisfeita com o resultado deste indicador para um ano que agora termina, precisamente por assumir como importante prioridade para o município a sua sustentabilidade económica e financeira. O rigor imprimido pela gestão financeira traduz-se num ganho “à partida” para o próximo orçamento de 2016, na medida em que, desonera-o de despesas com origem em dívidas de exploração de anos anteriores. Simultaneamente e como consequência, ainda para o ano económico de 2015, as taxas de execução orçamental serão maximizadas.

A  autarca admite ser este ” um motivo de orgulho, cujo sucesso é repartido por todo o executivo e funcionários da Câmara Municipal que se empenharam em prestar os melhores serviços com menos recursos, gerando assim a tão desejada otimização”.

A edil refere ainda que, “trata-se de uma realidade camarária que surge em momentos de crise e sem recursos a fundos comunitários, pelo que a sua satisfação e do seu executivo é ainda maior”.

Cristina Calisto Decq Mota refere que “o fornecedor é visto pela autarquia como um parceiro fundamental no desenvolvimento tanto da atividade camarária como da atividade económica do concelho e, como tal, deve ser prioritária a regularização das respetivas remunerações, num contexto económico e social em que o sector empresarial local é visto como o mais importante pilar no progresso do concelho a curto e a médio prazo. Ainda no âmbito do desenvolvimento económico, e de uma forma pioneira nos Açores, a autarquia apresentou recentemente o projecto de Regulamento de Apoio a Iniciativas de Interesse Municipal – LAGOA INVESTE – que tem como objetivos principais a promoção do desenvolvimento do concelho de Lagoa, a dinamização da atividade económica, a captação de investimento e a criação de emprego.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*