Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz comemora 19 anos

Grupo Cantares tardicionais Santa Cruz aniversario

O Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz comemorou, a 26 de dezembro, o seu 19º aniversário, com a realização de um concerto que teve lugar na Igreja do Convento dos Franciscanos, em Santa Cruz, Cidade de Lagoa.

O Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz foi criado em 1996, tendo surgido por iniciativa conjunta de Clemente Cabral Raimundo, Maria da Conceição Ponte, Maria de Lurdes Ventura, Rosa Maria Borges e Durval Sousa Arruda, vindo a 14 de abril de 2000 a dar lugar à formalização do grupo, aquando da sua constituição como associação.

No seu historial, este grupo conta com duas digressões à ilha de Santa Maria, tendo a primeira ocorrido em 2005 e a segunda em 2009. Em 2006 esteve nos Estados Unidos da América, a convite da Comissão de Festas do Divino Espírito Santo de Nova Inglaterra.

Em agosto de 2010 deslocou-se a Machico, na ilha da Madeira, a fim de participar num intercâmbio com o Grupo Folclore de Machico. Em 2011 esteve em Penela, distrito de Coimbra. Em 2014 deslocou-se à ilha do Pico para a realização de um concerto nas festividades da Semana dos Baleeiros.

De recordar que em abril de 2009, o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz veio a ser condecorado pela Câmara Municipal de Lagoa, com a medalha de mérito, tendo ainda lançado o seu primeiro álbum discográfico, intitulado “Ilhas de Encanto”, a 30 de maio, numa cerimónia que decorreu no Cine Teatro Lagoense.

Há ainda a destacar a participação do grupo em vários programas do Atlântida da RTP Açores, em diversos eventos ocorridos ao longo da ilha de São Miguel, tendo a última participação ocorrida em dia do 19º aniversário, a 26 de dezembro de 2015.

Este grupo desde a sua existência sempre participou em diversos concertos de natureza variada, com um reportório adequado à especificidade do serviço em si.

Atualmente o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz é composto por 43 elementos, tendo como Diretor Artístico Álvaro Cabral.

DL

Categorias: Cultura

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*