Autarquia apresenta o Projeto de Regulamento “LAGOA INVESTE”

Lagoa-Camara-Jornal-Diario-Lagoa1

A Câmara Municipal de Lagoa apresenta, esta quarta-feira, dia 23 de dezembro, o Projeto de Regulamento – LAGOA INVESTE- Regulamento de apoio e incentivo a iniciativas económicas de interesse municipal.

Segundo a presidente da autarquia, trata-se de um documento que a câmara está a preparar a alguns meses no sentido de criar condições especiais para fixar empresas no concelho de Lagoa.

“Num momento complicado, também percebemos que existem alguns sinais de retoma e queremos aproveitar este momento em que começam a despoletar novos negócios, que junto dos investidores, a Lagoa seja um concelho muito atrativo para estes investimentos”, revelou a autarca em declarações recentes ao Jornal Diário da Lagoa.

Segundo Cristina Calisto Decq Mota, que falava à margem da inauguração de um novo espaço comercial na Lagoa, referiu que este será, no fundo, um documento que irá reunir um conjunto de isenções fiscais e de outras naturezas, que hoje serão apresentadas à comunicação social.

A edil considera que a grande marca para esta autarquia, tem sido o apoio que tem sido dado às famílias, algo que irá continuar, “mas agora há um novo momento e há que estar ao lado das empresas e dos empresários que pretendam fixar-se na Lagoa”, acrescentou.

Cristina Calisto Decq Mota considera ser esta uma postura importante para que, no momento de decisão, os empresários tenham noção e de comparação com as diferentes realidades dos municípios.

O documento, que hoje será apresentado, será aprovado em reunião de câmara e posteriormente, em fevereiro, aprovado em Assembleia Municipal. A autarca espera que deste documento possam advir novos frutos para o desenvolvimento do tecido empresarial da Lagoa.

Em declarações ao Diário da Lagoa, a edil admite que nem todos os setores têm tido um desenvolvimento ao mesmo nível. “Atualmente está-se na era do turismo, o setor da construção civil atravessou um caminho difícil, mas o que se quer é que este documento sirva qualquer ramo empresarial e que faça da Lagoa um local estratégico, e então se possa desenhar um novo rumo para o desenvolvimento económico da Lagoa, e por sua vez gerar o verdadeiro emprego, esse sim que leva à sustentabilidade das nossas famílias”, disse.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*