Inaugurado o Polivalente de Santa Cruz

Adriana Rebelo Junta Freguesia Santa Cruz LAgoa AÇores

Foi inaugurado recentemente o tão esperado Edifico Polivalente de Santa Cruz, na Cidade de Lagoa. “Um dia de festa para a freguesia de Santa Cruz” disse na altura a presidente da Junta de Freguesia.

Adriana Rebelo falava na inauguração do espaço que tem estado ao serviço do bem público desde o dia 17 de fevereiro de 1978, altura em que João do Nascimento Cabral Pacheco ofereceu-o à Casa do Povo de Lagoa.

Durante 25 anos, foi sendo ampliado e remodelado, de maneira a poder dar resposta a vários serviços no campo da saúde pública, materno-infantil, e no atendimento da ação social.

Recordou então a edil que, “quando, em 1991, a Casa do Povo de Lagoa foi extinta, os responsáveis decidiram, por unanimidade, doar o edifício à Junta de Freguesia. Nos anos seguintes, esteve sempre ao serviço da população. Mas, quando em 2003, os serviços que aí funcionavam,  foram desativados e aglomerados no novo edifício na freguesia do Rosário, ele deixou de ter a utilidade que tinha, e foi então definitivamente entregue a sua posse à Junta de Freguesia de Santa Cruz, mediante escritura pública de 19  de março de 2003”. 

Segundo Adriana Rebelo, há muito tempo que as coletividades santacruzenses mereciam um espaço digno. Por esse motivo, logo que o edifício ficou vago, surgiu a ideia de lhe dar o destino que hoje lhe vai ser atribuído. “Em 2009, foi finalmente possível avançar com o projeto”. 

Os trabalhos de construção arrancaram em janeiro de 2011 tendo sido o edifício inaugurado a 8 de dezembro de 2015.

A autarca recordou que a inauguração ocorreu durante uma época de crise económica e social sem paralelo nas últimas décadas da nossa história, tendo sido grandes os esforços financeiros da Junta, feitos feitos durante um período em que houve necessidade de acorrer a muitas outras situações, havendo necessidade de proceder a uma reestruturação económica e financeira.

Adriana Rebelo destacou o facto do edifício polivalente ser um sinal de esperança contra as adversidades económicas mas sobretudo pela afirmação categórica de que as forças vivas da nossa freguesia estão vivas e com uma vitalidade crescente.

Esta será a casa-mãe das forças vivas do povo de Santa Cruz cujas normas que regulamentarão o seu funcionamento serão tornadas públicas em breve.

Apesar de ser um equipamento de toda a freguesia, algumas coletividades, dada a sua história de sucesso já firmada, terão aqui as suas sedes sociais, nomeadamente o Centro de Karaté de Lagoa, o Clube de Patinagem de Santa Cruz, o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz e o Grupo de Jovens Som do Vento.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*