“As idades do brinquedo” em exposição no Convento dos Franciscanos

Cartaz - Exposição Brinquedo

O brinquedo, objeto que remota a tempos imemoriais e importante aliado no processo de aprendizagem das crianças, estará em exposição no Convento dos Franciscanos, na cidade de Lagoa, de 12 de dezembro a 19 de janeiro.

A mostra intitulada “As idades do brinquedo: do brinquedo tradicional popular, do tradicional artesanal e do industrial” é uma iniciativa da Câmara Municipal de Lagoa, através da sua Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira, que tem como principal propósito valorizar e preservar o papel do brinquedo nas mais variadas áreas e recordar através dos objetos as histórias, tradições e heranças culturais da infância. Nesta mostra estarão expostos brinquedos na categoria do popular, artesanal e industrial, este último pertencente à coleção particular de Álvaro Vitorino.

No grupo do brinquedo popular, os visitantes poderão apreciar brinquedos manufaturados em outros tempos a partir do engenho, recurso a elementos vegetais e reaproveitamento de materiais associados aos ofícios. No tradicional artesanal será intuito aludir a épocas específicas, no caso das feiras e festas religiosas, apresentando brinquedos como loucinhas de barro e carroças de boi.

O maior espaço expositivo estará dedicado ao brinquedo industrial, onde serão apresentadas peças lúdicas com diversidade de matéria-prima e diversas temáticas que marcaram o período entre os anos 40 e os 90, sobretudo em Portugal, pertencentes à coletânea de Álvaro Vitorino.

Álvaro Vitorino, natural de Santa Maria, é licenciado em Engenharia Agrícola e começou a despertar o gosto pelo colecionismo na infância. Recentemente transformou a sua moradia em Ponta Delgada numa espécie de casa-museu denominando-a de “Casa da Sofia”, onde possui um vasto património lúdico com mais de mil peças.

A inauguração da exposição “As idades do brinquedo: do brinquedo tradicional popular, do tradicional artesanal e do industrial” está agendada para o próximo dia 12 de dezembro, pelas 17h00, sendo que para os mais novos haverá serviço educativo, pinturas faciais e brincadeiras.

A par desta será inaugurada igualmente a exposição “Venite, Adoremus: Representação da Natividade”, reunindo a temática da natividade através de diferentes sensibilidades artísticas artesanais e diversidade de materiais, estando presente nesta uma obra de arte da autoria do escultor açoriano Ricardo Lalanda.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*