Lagoa promove Exposição “Venite, Adoremus: Representação da Natividade”

Exposição Natal Lagoa Açores

Como já vem sendo tradição, a Câmara Municipal de Lagoa irá realizar durante a quadra natalícia que se aproxima, uma exposição com a temática da Natividade. A exposição será inaugurada no dia 12 de dezembro e decorrerá até ao dia 22 de janeiro de 2016, no salão nobre do Convento dos Franciscanos.

“Venite, Adoremus: Representação da Natividade” é uma exposição que privilegia as diferentes sensibilidades artísticas artesanais na materialização da temática em causa. A diversidade dos materiais utilizados, como as flores de escama de peixe, a folha do milho, o barro, a espadana, a lã, a pedra de lavoura, o estanho, entre outros, bem como as diferentes técnicas artesanais utilizadas conferem à exposição uma maior riqueza e beleza.

Inserida na exposição estará uma obra de arte de cunho mais contemporâneo, da autoria do escultor e artista plástico  açoriano, Ricardo Lalanda, escultor de grande curriculum. Nasceu em Ponta Delgada em 1963, foi galardoado em 1985 com o Prémio Revelação da 1.ª Bienal Açores e Atlântico. Autor de grandes esculturas, como “Marble Magic” (Reino Unido, 1991), “Ludica Bremen” (Alemanha, 1999), “2 ZERO ao Cubo” (Sintra, 2005) e “As You Like” (Madeira, 2011). Estas obras valeram-lhe diversas distinções. Assume-se como artista de ruturas e de quebras com a tradicional forma de olhar para arte, pretendendo sempre que o seu público seja mais crítico e considere a arte no seu estado mais puro.

Atendendo à importância que a arte “bonecreira” tem no concelho de Lagoa, “Venite, Adoremus: Representação da Natividade” é para a Câmara Municipal de Lagoa uma iniciativa que dinamiza e preserva a cultura e a memória das tradições populares natalícias e que afirma a forte tradição do território lagoense e no que concerne a um dos maiores expoentes da representação Cristã, uma expressão da própria cultura lagoense, de valorização da tradição religiosa e criativa de um povo.

DL/CML

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*