Cristina Decq Mota diz estar mais próxima dos lagoenses

Lagoa Cabouco vista foto CML

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, desde o início do mês de setembro, tem visitado todas as freguesias do Concelho de Lagoa, rua a rua, numa perspetiva de maior proximidade dos lagoenses, mas, acima de tudo, com o intuito de verificar in loco problemas e situações de carência  que precisam de ser resolvidas de forma urgente e que, muitas vezes, não são do conhecimento público.

A autarca tem visitado, deste modo e todas as semanas, uma freguesia, acompanhada de uma equipa operacional e técnica, de modo a verificar as dificuldades das famílias e problemas que carecem de ser resolvidos rua a rua e, obviamente,  com a ajuda das populações ver aquilo que há a melhorar e verificar de perto aquelas que são as suas preocupações, no sentido de reforçar a atenção naqueles problemas com que as pessoas se deparam diariamente.

Para Cristina Calisto Decq Mota, essa é uma medida que ainda que não seja uma obra visível perceciona aquilo que efetivamente é importante e que revela que  “o bem mais pequeno é muitas vezes o mais essencial”. Ao longo destas visitas, pode-se constatar que a autarca já visitou as 5 freguesias da Lagoa, esperando que muitas situações sejam agora melhoradas de forma célere e eficaz. Cristina Calisto Decq Mota considera que este é o trabalho dos autarcas: saber ouvir, ajudar quando estiver ao alcance.

Para a autarca lagoense, apesar dos tempos difíceis que se vivem nos dias de hoje, “as pessoas foram, são e continuarão a ser a principal prioridade na atuação de políticas do Município”. Neste sentido, a responsabilidade é acrescida e o “principal compromisso deve ser o de superar as dificuldades, reaprendendo, de forma exigente e criteriosa, a atuar para que possamos continuar a melhorar a vida dos lagoenses e, sobretudo, levar a todos os lares os preciosos bens para um vida com qualidade e dignidade”.

Estas visitas comprometem, deste modo, o executivo lagoense para um maior empenhamento, para que se encontre soluções a curto e médio prazo, para as preocupações dos munícipes, e que estas soluções se adequem às reais necessidades das pessoas, que reforcem a economia local e, sobretudo, contribuam para o desenvolvimento da sociedade, numa total integração de todos.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*