Recolha seletiva eficaz permite encaminhar menos resíduos para eliminação

caixote lixo açores Lagoa-

O Diretor Regional do Ambiente afirmou que a entrada em funcionamento do Centro de Processamento de Resíduos do Pico torna fundamental a “implementação de uma recolha seletiva eficaz”, que permita retirar o máximo valor dos resíduos, “encaminhando o mínimo possível para eliminação”.

O Diretor Regional falava nas Lajes do Pico, à margem de uma iniciativa que assinalou o início da ‘Missão Reciclar’, uma campanha desenvolvida pela Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente, com o apoio da Sociedade Ponto Verde, que prevê a distribuição porta-a-porta na ilha do Pico de 4.500 ecopontos domésticos e um folheto com informações sobre a separação dos resíduos.

Hernâni Jorge frisou que esta campanha, além da disponibilização dos ecopontos, visa sensibilizar a população para a importância da separação dos resíduos e da sua reciclagem, além de informar sobre a forma como deve ser feita essa separação e a respetiva deposição na rede municipal de recolha seletiva.

A campanha que arrancou, em simultâneo, nos três concelhos da ilha, contando com a colaboração das câmaras municipais e juntas de freguesia, permitirá também recolher dados, através de um inquérito sobre os hábitos e atitudes de reciclagem por parte das famílias.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*