Falta estratégia ao governo regional para combater problemas no sector do leite

SOFIA-RIBEIRO-2015-eurodeputada-PSD-Açores

O Parlamento Europeu dispõe “de instrumentos já trabalhados que podem ser aproveitados pelos Açores para fazer face aos problemas que se estão a registar com o fim do regime de quotas leiteiras”, assegurou a eurodeputada do PSD/Açores, Sofia Ribeiro.

Sofia Ribeiro falava numa conferência de imprensa, em Ponta Delgada, sobre a situação em que se encontra o sector dos laticínios nos Açores e as medidas que tem vindo a desenvolver no Parlamento Europeu para ajudar os agricultores da Região.

A eurodeputada açoriana garantiu que tem verificado “disponibilidade das instituições para analisar as pretensões dos Açores”, mas lamentou as dificuldades “que têm sido sentidas pela falta de uma estratégia regional para enfrentar estes problemas” recordando que o Parlamento Europeu “já reconheceu a necessidade de apoiar os produtores da Região”.

Sofia Ribeiro recordou que “vivemos uma fase em que não podemos defender as nossas posições apenas pedindo dinheiro para os nossos problemas. Temos de fundamentar esses pedidos e para o fazer é fundamental conhecer o preço do leite e a sua variação em cada uma das ilhas dos Açores”.

A eurodeputada social-democrata açoriana considera, por isso, “que se a Região fizer o seu trabalho de casa será mais fácil defender posições conjuntas e estratégicas” e recordou que no Parlamento desenvolveu várias iniciativas para a criação de um mecanismo financeiro de compensação e estabilidade para os produtores afetados pela descida acentuada do preço do leite.

Tem, igualmente, sido desenvolvido um trabalho que permitiu “resultados importantes nos apoios para o programa de distribuição de leite e de fruta nas escolas onde foram alcançadas majorações para as regiões ultraperiféricas”, entre outras medidas.

DL/PSD

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*