Secretário Regional da Saúde incentiva escuteiros a criarem Clubes de Proteção Civil

(c) Gacs

(c) Gacs

O Secretário Regional da Saúde lançou um desafio aos escuteiros dos Açores para que dinamizem Clubes de Proteção Civil e, deste modo, “desenvolvam, cada vez mais, a sua preparação para apoiar as populações em situações de catástrofe”. 

Luís Cabral, que falava na cerimónia de posse dos dirigentes do Corpo Nacional de Escutas (CNE) nos Açores, afirmou que os escuteiros já dão uma boa colaboração no âmbito da Proteção Civil, mas considerou que seria importante “que o movimento escutista se associasse também ao projeto que está a ser dinamizado dos Clubes de Proteção Civil”. 

Os escuteiros representam de forma exemplar os objetivos de duas vertentes da Secretaria Regional da Saúde, quer na promoção de hábitos de vida saudável, entre as quais a prevenção das toxicodependências, como no sentido de prontidão que já têm demonstrado em várias ocasiões em missões de apoio aos cidadãos, em colaboração com o Serviço Regional de Proteção Civil. 

A cerimónia de tomada de posse dos elementos da Junta Regional dos Açores e do Conselho Fiscal e Jurisdicional Regional contou com a presença do Bispo de Angra, D. António Sousa Braga, e do chefe nacional do CNE, Norberto Correia. 

O Corpo Nacional de Escutas existe nos Açores há 89 anos, dispondo atualmente de cerca de quatro mil elementos no arquipélago.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*