Avelino Meneses aponta a competição no desporto como “paradigma da excelência” e “escola de vida”

Avelino Menezes Gala Desporto Açoriano

O Secretário Regional da Educação e Cultura afirmou que a competição no desporto é o “paradigma da excelência”, mas também “uma escola de vida”. 

Avelino Meneses falava na apresentação da XIV Gala do Desporto Açoriano, onde referiu que “os atletas de eleição, fruto da interiorização do sentido do rigor e do dever de exigência, são geralmente portadores de uma capacidade de organização que fica muito acima da média dos jovens da mesma idade”, frisou o Secretário Regional. 

Tudo isto traduz-se, segundo Avelino Meneses, “numa acrescida possibilidade de organização do tempo e no aperfeiçoamento dos métodos de estudo, que asseguram um rendimento escolar positivo, apesar de uma menor disponibilidade”. 

Para Avelino Meneses, é preciso, em relação aos atletas, “estimular-lhes hoje o esforço, a dedicação e o orgulho e garantir-lhes amanhã uma posição de dignidade pessoal e profissional”, de modo a “evitar a revelação de vidas contraditórias, nas quais à fama efémera sucede a frustração permanente com repercussões físicas e psicológicas negativas e mesmo perigosas”. 

O Secretário Regional, citando a máxima de Pierre Coubertin, fundador dos Jogos Olímpicos modernos, segundo a qual o mais importante não é vencer, mas sim participar, salientou que o desporto nos Açores “é uma atividade de todos para todos, que faculta o vigor físico e, sobretudo, mais saúde e mais entretenimento”. 

A XIV Gala do Desporto Açoriano vai distinguir cerca de uma centena de entidades e agentes desportivos que, na época 2013/2014 e ao longo do último ano, mais contribuíram para o desporto açoriano. 

Tal como tem acontecido em edições anteriores, a Gala será realizada este ano de forma descentralizada.

DL/GaCS

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*