Doentes sem médico de família terão consultas de Medicina Geral e Familiar

Luis Cabral saude Açores governo

O Secretário Regional da Saúde anunciou, na Praia da Vitória, a criação de serviços de consulta de Medicina Geral e Familiar “para os utentes do Serviço Regional de Saúde que não tenham médico de família”. 

Luís Cabral, que falava na cerimónia que assinalou o Dia Mundial da Saúde, salientou que o clausulado tipo das convenções que visam a prestação de serviços de consulta de Medicina Geral e Familiar aos utentes do Serviço Regional de Saúde “foi hoje enviado para publicação pela Unidade de Saúde da Ilha Terceira”.  

O reforço da cobertura assistencial dos médicos de família, um dos objetivos definidos pelo Governo dos Açores, tem agora início na USI Terceira e, segundo Luís Cabral, será “alargado à USI de São Miguel, que é a outra ilha onde ainda não há uma cobertura total da população”.  

O acesso dos utentes aos cuidados de saúde previstos nesta convenção faz-se mediante a apresentação pelo utente, na entidade convencionada, de uma declaração da Unidade de Saúde, válida para o ano corrente, que ateste que não tem médico de família e que pode usufruir de duas consultas convencionadas anuais para o seguimento do seu estado de saúde. 

As requisições de meios complementares de diagnóstico e terapêutica serão tratadas pela Unidade de Saúde, ou pelas entidades convencionadas com a Unidade de Saúde, da mesma forma que as requisições prescritas pelos médicos da Unidade de Saúde. 

As comemorações do Dia Mundial da Saúde que hoje se realizaram na Praia da Vitória tiveram como tema central a segurança alimentar, mote definido pela Organização Mundial de Saúde, tendo em vista a proteção dos consumidores contra os riscos de intoxicação alimentar.

DL/Gacs

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*