“Um governo do PSD nos Açores seria igual ou pior ao Governo do PSD de Pedro Passos Coelho”, refere Berto Messias

Berto-Messias-PS-sessão-JS

Nesse congresso do PSD/Açores verificámos apenas duas coisas; ataques violentos e destemperados ao Partido Socialista e ao Governo dos Açores e grandes elogios e manifestações de fidelidade e apoio a Pedro Passos Coelho e ao PSD nacional e à sua conceção do papel do Estado, que tem resultado numa política de austeridade sem precedentes. Isto leva-nos a concluir que um Governo dos Açores liderado pelo atual PSD seria igual ou ainda pior que o atual Governo da República, o que seria muito negativo para o desenvolvimento da nossa Região”, realçou Berto Messias.

O Presidente do Grupo Parlamentar do PS, questionado pelos jornalistas sobre o Congresso do PSD/Açores do último fim-de-semana, falava à margem de uma visita à Empresa de distribuição alimentar EMATER, na Ilha Terceira.

Messias defendeu a necessidade de “todos se mobilizarem para ajudar o desenvolvimento dos Açores e a melhoria dos indicadores económicos e sociais da nossa Região. Ao invés de estarem permanentemente a atacar e a falar mal”.

Berto Messias valorizou ainda os indicadores económicos recentes que “mostram alguns sinais animadores no crescimento da atividade económica ou os números conhecidos do Instituto de Emprego e Formação Profissional, que indicam a redução do número de inscritos nos Centros de Emprego dos Açores”.

DL/PS

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*