Avelino Meneses destaca “pujança” das festividades em honra do Divino Espírito Santo na Califórnia

Espirito-SAnto-quarto-Lagoa-Açores-Jornal-Diario

O Secretário Regional da Educação e Cultura afirmou, em Tulare, nos Estados Unidos da América, que “não há melhor prova da resistência de um legado português na Califórnia do que a pujança da festividades em louvor do Divino”. 

Avelino Meneses, que falava no XXXIX Congresso da Luso-American Education Foundation sob a temática ‘O Legado Português na Califórnia – Reflexões e Prospetivas’, salientou que “a compreensão do legado português” neste Estado norte-americano “exige a realização de um retorno aos Açores e a Portugal à descoberta das raízes, ou seja, em busca da identificação”. 

Ao longo do tempo, acrescentou o Secretário Regional, “o culto do Espírito Santo converte-se então no culto da solidariedade, isto é, no culto mais adequado ao sentir e às necessidades do povo açoriano”, por isso, o Espírito Santo “é a principal manifestação festiva dos Açores de hoje”. 

Com a dupla “particularidade“ de ser “diferentemente celebrado e de estar uniformemente disseminado em cada ligar e em cada ilha”, o culto do Espírito Santo “é, assim, o melhor espelho dos Açores, já que é ele que verdadeiramente concilia a diversidade que somos com a unidade que podemos e, certamente, queremos ser”, frisou.

Para o Secretário Regional da Educação e Cultura, “a comemoração da Região Autónoma em dia do Espírito Santo corresponde ao esforço da identificação da Autonomia com os Açores”. 

Ao invés, frisou Avelino Meneses, “a Autonomia – não tenhamos receio de o admitir – é ainda um fenómeno de menor dimensão, possui raízes no advento da contemporaneidade, isto é, na época das revoluções ocidentais e atlânticas que, na transição do século XVIII para o século XIX, motivam a difusão das ideias liberais e democráticas. Além disso, por muito tempo, a Autonomia foi uma conquista de elites e de ilhas mais influentes”.

DL/Gacs

Categorias: Comunidades

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*