Governo dos Açores defende alargamento de futura ecotaxa a sacos biodegradáveis

Açores-noticias-diario-digital-Lagoa-governo-ecotaxa-sacos-biodegradaveis

O Secretário Regional dos Recursos Naturais defendeu, esta segunda-feira, o alargamento aos sacos biodegradáveis da futura aplicação nos Açores de uma ecotaxa a sacos de plástico.

Para Luís Neto Viveiros, que considerou “meritória” a iniciativa legislativa do PCP que esteve em análise numa audição na da Comissão dos Assuntos Parlamentares, Ambiente e Trabalho, “os sacos biodegradáveis têm uma degradação mais rápida mas provocam também um problema idêntico e, portanto, devem ser incluídos” na proposta que será votada na Assembleia Legislativa.

O Secretário Regional acrescentou que o Executivo também defende a aplicação de taxas de valor diferenciado, nomeadamente conforme a espessura dos sacos de plástico, e ainda a promoção de campanhas de sensibilização.

Todos os anos, de acordo com dados da Comissão Europeia, mais de oito mil milhões de sacos de plástico terminam na lixeira, causando sérios problemas de gestão de resíduos devido à sua demorada degradação.

As consequências ambientais agravam-se em regiões costeiras e insulares como os Açores, pois os sacos de plástico são considerados um dos maiores responsáveis pela insustentabilidade da vida marinha.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*