Câmara da Lagoa determinou três dias de luto

Alberto-Romao-Marduga-Costa

A Câmara Municipal de Lagoa decretou luto municipal, durante três dias, pelo falecimento de Alberto Romão Madruga da Costa, ocorrido esta sexta-feira.

Alberto Romão Madruga da Costa foi o segundo Presidente do Governo Regional dos Açores, cargo que exerceu durante um ano, na sequência da demissão de Mota Amaral (de 20 de outubro de 1995 a 9 de novembro de 1996).

Foi uma figura incontornável da autonomia política açoriana, tendo ascendido aos mais altos patamares da autonomia regional, como Presidente da Assembleia Legislativa.

Numa nota enviada à nossa redação, o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa lamenta a sua perda, visto tratar-se de uma individualidade que contribuiu, de forma ativa, para o desenvolvimento social e económico da Região, assumindo-se como um homem de valores e como um exemplo a seguir para as gerações atuais e vindouras, pelo sentido de missão e de empenho que sempre colocou nos cargos públicos e políticos que desempenhou, sempre em prol dos Açores e dos açorianos.

Segundo João Ponte “a partir de hoje, os Açores ficam mais pobres, com a perda de uma das figuras mais importantes da história da nossa autonomia”.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*