Luís Cabral reafirma convicção na mais-valia das portarias de reembolsos e convenções para os utentes

Luis-Cabral-secretario-saude-governo-Açores

O Secretário Regional da Saúde considerou que não faz qualquer sentido a proposta feita pelo PSD para suspender a portaria dos reembolsos, afirmando que o Governo dos Açores não o fará, “até para não cair num vazio legal sobre esta matéria”. 

Luís Cabral frisou que as portarias relativas aos reembolsos e às convenções “foram trabalhadas ao longo de vários meses com a participação e contributos de muitos parceiros e profissionais” e vieram substituir diplomas que já existiam há vários anos e que precisavam de ser revistos. 

“Se o PSD quer, finalmente, dar um contributo para a reestruturação do Serviço Regional de Saúde, de forma ativa, melhorando alguns aspetos das portarias, estamos aqui, como sempre estivemos, com total abertura para o fazermos”, afirmou o Secretário Regional. 

Luís Cabral lembrou, no entanto, que “o PSD sobre esta matéria sempre sugeriu entregarmos a gestão do Serviço Regional de Saúde ao Governo da República”, acrescentando que “se tivéssemos seguido o seu conselho, neste momento, provavelmente já nem teríamos reembolsos”.  

DL/Gacs

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*