(c) Gacs
(c) Gacs

O Secretário Regional do Turismo e Transportes (PIT) assegurou que os açorianos vão poder, em breve, “começar a usufruir de todos os benefícios” que resultam da implementação do Plano Integrado dos Transportes (PIT) dos Açores, com “implicações práticas ao nível da mobilidade e consequente bem-estar”.

Vítor Fraga, numa comunicação à Assembleia Legislativa para apresentar as linhas gerais do Plano e entregar o documento à Presidente do Parlamento, salientou que o PIT está “focado no serviço a prestar ao cidadão e às empresas”.

Nesse sentido, frisou que o PIT “será implementado ao longo desta legislatura, com início nas ilhas do Triângulo”, acrescentando que se trata de um plano dinâmico, “com capacidade de adaptação às mudanças e necessidades com que nos formos confrontando no futuro”.

Vítor Fraga frisou ainda que o Plano Integrado de Transportes “não é um fim, mas sim um meio” para poder aumentar os níveis de mobilidade de todos os Açorianos e de quem visita o arquipélago, “tornando mais fácil, mais cómodas e mais económicas as deslocações dentro da Região”.

O PIT perseguirá “a excelência operacional do setor dos transportes”, referiu o Secretário Regional, reconhecendo que “este é um objetivo ambicioso”.

Vítor Fraga afirmou ter “consciência de que este plano”, à semelhança da sua ação, “será alvo de críticas – umas bem intencionadas, outras nem tanto”, mas assegurou que está disponível para ouvir “todas sem exceção, não deixando, no entanto, de continuar a trabalhar afincadamente e com convicção na sua implementação”.

O PIT já foi apresentado nas ilhas do Faial, Pico, São Jorge e Terceira, seguindo-se brevemente a sua apresentação nas restantes ilhas da Região.

DL/GaCS