açores-noticias-jornal-digital-lagoa-governo-Sergio-Avila

O Vice-Presidente do Governo Regional reafirmou, esta semana, que “os Açores estão ao lado da República” nas negociações com vista à aprovação, pela Comissão Europeia, da proposta nacional de Acordo de Parceria, o que permitirá rapidamente “operacionalizar os programas das diferentes regiões do país” contidos no próximo Quadro Comunitário de Apoio. 

Sérgio Ávila, que falava na Assembleia Legislativa, salientou que aquela proposta contou com a colaboração ativa do Governo Regional, em nome do qual elogiou a forma como o Governo da República defendeu os interesses das regiões, acrescentando terem sido os Açores a única região a reconhecer esse bom trabalho. 

Para Sérgio Ávila, o momento é, pois, “essencial” para que o país e a região possam ter “o mais rapidamente possível, as condições operacionais para a execução financeira e material deste documento essencial para o desenvolvimento da região”. 

O Vice-Presidente, que falava num debate suscitado por uma intervenção sobre os resultados da execução dos fundos dos quadros comunitários na última década e meia nos Açores, frisou que a Região evoluiu significativamente nesse período de tempo. 

Sérgio Ávila referiu ainda que a convergência também se fez sentir no plano interno, tendo os Açores progredido de 81 para 94 por cento da média nacional durante os últimos 17 anos, sob governação socialista. 

O Vice-Presidente do Governo manifestou-se convicto de que, para conseguir esse reforço, “o primeiro aspeto essencial está vencido, que é o de termos assegurado uma dotação financeira que nos permitirá continuar a fomentar as políticas de desenvolvimento da região, evidentemente ajustando-as às novas realidades e às novas necessidades que hoje se vivem”. 

DL/Gacs